Fatos interessantes sobre Portugal – II

Fatos interessantes sobre Portugal – II

A continução pode encontrar alguns mais fatos interessantes sobre Portugal. Fiquem a conhecer mais sobre este magnífico, relaxante e cheio de espírito país.  Espero que goste! E se sabem de mais um não duvide em deixar seu comentários.

  • Portugal e Inglaterra têm a mais antiga aliança diplomática do mundo

A Aliança Luso-Britânica foi assinada em 1373 e está em vigor até hoje. Assim sendo, ambos os países chegaram a participar em guerras para defender o outro. Incluindo o Reino Unido entrando na Guerra Peninsular Ibérica e Portugal na Primeira Guerra Mundial.

  • Portugal é um dos melhores spots de surf do mundo

Portugal tem um litoral que se estende por 497 milhas (800 km) e é conhecido por ter 364 dias de surf.  Tem um clima muito suave, tornando-o num popular destino de surf para surfistas de dentro e fora da Europa.  Assim como, uma enorme variedade de ondas e, como resultado, torna um local ideal de surf para surfistas de todas as capacidades. É um bom lugar para aprender a surfar com muitos lugares oferecendo aulas de surf e pacotes.

surf portugal

  • Em 1755, Lisboa foi atingida por um dos mais poderosos terremotos da história europeia

Em 1 de Novembro de 1755, Lisboa foi atingida por um terremoto de magnitude 9,0, que foi seguido por um tsunami, e incêndios que derrubaram a cidade.

Além disso, o terremoto atingiu o Dia de Todos os Santos, uma grande festa quando as igrejas estavam cheias de velas acesas. O terremoto atingiu, derrubando as velas, causando grandes incêndios. 275.000 pessoas morreram e 85% dos edifícios foram destruídos. Até hoje, as pessoas falam sobre o devastador terremoto.

  • Português Fado foi classificado como patrimônio cultural mundial pela UNESCO

O Fado é um género musical que se origina na cidade de Lisboa. É um tipo de música folclórica triste e tocante ao coração cantada pelo povo comum.  Deste modo, este género musical foi recentemente adicionado à lista do Patrimônio Cultural Intangível do Mundo.

fado portugues

  • Portugal foi o primeiro poder colonial a abolir a escravidão

Um dos fatos interessantes de Portugal é sobre a escravidão. Assim sendo, o país aboliu a escravidão todo o caminho de volta em 1761. Isto é, meio século antes de Grã-Bretanha, França, Espanha ou os Estados Unidos.

Fatos interessantes sobre Portugal – I

Fatos interessantes sobre Portugal – I

Portugal é um país fascinante, com uma história que pode ser sentida em todo o país.  Por isso, se está a pensar visitar o país mais ocidental na Europa em breve? Ou talvez tenha raízes portuguesas e queira aprender mais sobre seus antepassados? Em qualquer caso, abaixo estão alguns fatos interessantes sobre Portugal:

  • Metade do “Novo Mundo” já pertenceu a Portugal

Em 1494, foi assinado o Tratado de Tordesilhas que,  deu a Portugal a metade das terras “descobertas e por descobrir”. Nestas estavam incluindos o Brasil, a África e a Ásia.

O Império Português foi realmente o primeiro império global da história. Foi também uma das potências coloniais de longa duração, que durou quase seis séculos. Isto é, desde a captura de Ceuta em 1415, até que Macau (agora China) foi entregue em 1999.

Em 1808, o Rei de Portugal, Dom João mudou-se para Brasil e proclamou um único estado que incluiu Portugal, Brasil e os Algarves. O único estado foi chamado de Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Este foi eficaz desde 1815 até 1822. A capital do Reino era o Rio de Janeiro. Porém, o Reino foi desativado em 1822, após a volta do Rei a Portugal em 1821.  Mas, o príncipe Dom Pedro ficou para governar o Brasil, que, por sua vez declarou, a independência de Portugal.

  • O português é a língua oficial de 9 países

Mais de 240 milhões de pessoas em todo o mundo são falantes nativos de língua portuguesa. Assim sendo, o Português é a língua oficial de Portugal, Brasil, Cabo Verde, Angola, Guiné Bissau, Moçambique, Príncipe, São Tomé e Guiné Equatorial. O português também é falado em Goa (Índia), Macau e Timor-Leste.

  • Portugal é o país mais antigo da Europa

Portugal tem as mesmas fronteiras definidas desde 1139, tornando-o o mais antigo Estado-Nação da Europa. Afonso Henriques foi proclamado o primeiro rei de Portugal em 1139 e o país permaneceu um reino, por quase 800 anos, até 1910.

  • A mais antiga livraria do mundo está na capital de Portugal

A livraria Bertrand em Lisboa, Portugal, está aberta desde 1732. É verdade, 281 anos. Foi aberto por Peter Faure para ser um centro da arte e cena intelectual de Lisboa, ao longo do tempo, tornou-se a pedra angular da cadeia de livrarias Bertrand, tem mais de 50 lojas em Portugal.

Agora, não foi neste local desde 1732, apenas desde 1755, quando a loja original foi destruída no grande terremoto que atingiu grande parte da cidade (e foi a inspiração para Candide Voltaire).

  • Portugal é o maior produtor de cortiça do mundo

Portugal produz 70% das exportações mundiais de cortiça. Os principais importadores de cortiça portuguesa são a Alemanha, a U.K. e os EUA. O país também tem a maior floresta de cortiça.

  •  Uma das universidades mais antigas da Europa está em Portugal

A Universidade de Coimbra foi criada em 1290, tornando-a uma das mais antigas universidades do continente europeu.

Compradores estrangeiros em Lisboa: cidade perfeita para viver

Compradores estrangeiros em Lisboa: cidade perfeita para viver

Panorama do mercado

Lisboa é o coração de uma área metropolitana, com uma população de cerca de 2,8 milhões de habitantes.

O mercado residencial da cidade recuperou-se em grande parte da crise financeira global. O volume de vendas em 2016 subiu 15 por cento em relação ao ano anterior, colocando o mercado de volta em par com o seu ritmo pré-crise em 2010. Portugal, devido ao clima, à hospitalidade do povo, à segurança, está a atrair cada vez mais pessoas de outros países. E tem preços mais baixos em comparação com outros países europeus.

Portugal tem dois programas destinados a atrair profissionais e investidores estrangeiros. O Programa de Residentes Não Habituais concede aos residentes a tempo parcial fora de Portugal um feriado fiscal com rendimentos internacionais durante 10 anos. Muitos europeus estão a vir por esse motivo.

O Programa Golden Visa foi concebido para compradores estrangeiros em  fora da União Europeia. O programa concede uma autorização de residência a estrangeiros que compram imóveis em Portugal de pelo menos 500.000 euros, ou imóveis com mais de 30 anos ou em áreas de renovação urbana designadas, de pelo menos 350.000 euros. Os compradores estrangeiros devem manter a residência por pelo menos cinco anos, mas não têm que viver lá.

compradores estrangeiros

Quem compra?

A maioria dos compradores estrangeiros em Lisboa são da Europa, especialmente da Grã-Bretanha, França, Alemanha e Itália.

No mês passado, a Associação Portuguesa de Profissionais Imobiliários e Corretores informou que mais de 4.000 estrangeiros receberam autorização de residência no âmbito do programa Golden Visa desde o seu início em 2012. Os compradores chineses receberam 75 por cento dos vistos, sendo o restante destinado a brasileiros, libaneses , Russos e sul-africanos.

Requisitos para compradores estrangeiros

Não existem restrições aos compradores estrangeiros em Portugal. O processo de compra é bastante simples, e os compradores portugueses muitas vezes não contratam um advogado. Informações de título é facilmente acessível através de um registo de propriedade pública online, e seguro de título não é necessário.

O pagamento é geralmente de 10 a 15 por cento. Os compradores devem estimar perto de 7% para os custos de transacção, incluindo imposto de transferência, imposto de selo e taxas legais. As hipotecas não são difíceis de obter para os estrangeiros. Os bancos geralmente emprestam até 60% do valor da compra.

E o que você acha? Concorda com os programas? Deixe a sua opinião na secção de comentários em baixo.

O que eu mais gosto de fazer no Porto

O que eu mais gosto de fazer no Porto

Hoje vamos a ver o que eu mais gosto de fazer no Porto. Apesar de ter crescido numa cidade perto, e visitar o Porto constantemete, há lugares que acho magníficos.

fazer no Porto

As minhas coisas preferidas a fazer no Porto:

  • Tome um café no Majestic

O Majestic Café, foi fundado há mais de 90 anos e está situado no coração do centro do Porto. Sem dúvida, é uma obrigação na lista de coisas para fazer para todos os visitantes.

É considerado o café mais emblemático da cidade. Entre os seus visitantes ilustres podemos encontrar o Jacques Chirac e Gago Coutinho (criador do “horizonte artificial” aeronáutico). Diz-se que JK Rowling passou muitas horas no Majestic Café a escreveer o seu primeiro livro de Harry Potter.

  • Assista a um concerto na Casa da Música

A Casa da Música foi concebida para marcar 2001, ano em que o Porto foi Capital Europeia da Cultura. Desde então, tornou-se numa referência arquitetónica na cidade. O projeto foi concebido por Rem Koolhaas e caracteriza-se por suas linhas modernas e pelos variados programas culturais que oferece durante todo o ano.

  • Faça uma visita guiada numa cave do Porto

As adegas de vinho do Porto situadas em Vila Nova de Gaia continuam a ser um ponto importante para quem goste de fazer degustações de Vinho do Porto. Aprenda a distinguir um Porto Tawny de um Porto Ruby e se tiver sorte experimente um Porto Vintage! Alguns passeios e degustações são gratuitos, enquanto outros irão cobrar uma pequena taxa de entrada.

  • Faça uma viagem de barco ao longo do Rio Douro

Uma das melhores coisas para fazer no Porto, para apreciar as vistas espetaculares da cidade é do rio! Há uma variedade de cruzeiros disponíveis a partir de  Vila Nova de Gaia e do Porto. Percorra o rio Douro para o leste das as vinhas do vinho do Porto. Até mais de 100 quilômetros para o interior.

  • Aproveite o pôr do sol de uma esplanada lado da praia

O excelente clima do Porto é propício para banhos de sol e passeios ao longo das várias praias com bandeira azul na área. Há uma variedade de esplanadas nas áreas de Foz, Matosinhos e Vila Nova de Gaia que são perfeitas para desfrutar do pôr-do-sol, admirar o Oceano Atlântico e relaxar com uma bebida fresca no final da tarde.

  • Experimente uma francesinha

A “Francesinha” é um dos pratos mais populares do Porto. Assim sendo, é conhecida como a sanduíche portuguesa mais popular, se se pode chamar isso! Louvado por gourmets em todo o mundo o prato atrai particularmente aqueles com um apetite por carnes picantes e é mais geralmente acompanhado por uma cerveja gelada.

  • Visite o Museu de Serralves

Serralves é cultura, natureza e arte. Dentro de seus extensos jardins e áreas verdes encontra-se o Museu de Arte Moderna, um projeto do arquiteto Siza Vieira com exposições de Paula Rego, Andy Warhol, entre outros. Este espaço é uma mistura de arquitetura brilhante, tranquilidade e vários espaços verdes.

  • Tome uma bebida tardia na “Galeria de Paris”

A rua das Galerias de Paris é o centro da vida noturna da cidade. Aqui encontrará dezenas de bares ao ar livre. As Galerias, como é conhecido, situam-se no centro do centro do Porto e oferecem um programa noturno alternativo, uma vez que todos os bares estão ao ar livre.

  • Compre um livro na Livraria Lello

Citado pelo The Guardian como “uma das mais belas livrarias do mundo”, a livraria Lello é um lugar que deve ver e rever no Porto. Inaugurado em 1906, ainda mantém seus tetos esculpidos originais, vitrais e rosa pintado curvo escadaria central! Lello oferece uma vasta gama de livros, enciclopédias e guias de viagem. Procure o bar de café no 1º andar.

  • Assista a um jogo de futebol no Estádio Dragão

O estádio de futebol “Dragão” foi reconstruído e inaugurado em 2003. O Manuel Salgado (o arquiteto) projetou o estádio, que custou mais de 90 milhões de euros para construir e pode acomodar 52 000 pessoas, sendo utilizado Dragão (dragão) como é o símbolo do clube.

  • Visite o Museu Soares dos Reis

O Museu Nacional Soares dos Reis, antigo Museu Portuense, foi fundado em 1833 pelo rei Pedro IV, estabelecendo o primeiro Museu de Arte Pública de Portugal. O museu está situado no Palácio de Carrancas, datado do final do século XVIII.

Assim sendo, as coleções de pinturas e esculturas portuguesas dos séculos XIX e XX e objetos nacionais e internacionais de artes decorativas, principalmente do século XVII ao século XIX, estão exibidas no segundo e terceiro andar. Onde alguns dos quartos estão ricamente decorados no neoclássico estilo.

Contudo, desde meados do século XIX até 1910, este edifício foi a residência temporária da família real portuguesa ao visitar o Norte.